Polenta com ragu de rabada

Eu sumi, eu sei, mas tenho uma justificativa: férias! Estava nas Ilhas Virgens Britânicas, mergulhando em águas inacreditáveis e esquecendo um pouco do mundo. Mas, como tudo que é bom dura pouco, já estou de volta – firme e (quase) forte.

Das férias, além do bronzeado (cof, cof, cof) me restou uma vontade LOUCA de comer comidona nossa, sabe? Aquela comida tensa, de respeito e que só nós, brasileiros, sabemos fazer. Foi assim que eu voltei e me joguei na cozinha para fazer polenta com ragu de rabada, assim ó…

O ragu

Já sabe né? Ragu é aquele molho denso, encorpado, rústico, bem italianão. Ótimo para acompanhar massas, polenta e até (e porque não?) para fazer dueto com o arroz branco de todo dia.

Aqui eu usei rabo de boi, que amo, mas também já ensinei a fazer um ragu mais…er… “leve” com fradinha (aqui ó). Para usar a rabada (mais ou menos 1 1/2kg), basta retirar um pouco o excesso de gordura, temperar com sal e pimenta e levar para a panela de pressão, já aquecida e com um fio de azeite, para selar. Uma vez selada a carne, é só juntar alho e cebola (com generosidade, gente!) e deixar tudo dourar bem. Nesse momento, é bacana juntar um pouco de vinho tinto, que vai ajudar a dar aquele tchans no ragu. Deixe o vinho evaporar e acrescente um bouquet garni (ou somente folhas de louro, se preferir), alguns tomates (eu uso o pelado) e cubra a carne com um bom e honesto caldo (que deve estar em ponto de fervura). Água fervendo também vale, mas o caldo é melhor.

Ok, agora é só tampar a panela e deixar cozinhar por cerca de 1 hora – é, demora comadre… mas vale a pena esperar, garanto :)

Passada 1 hora, abra a panela e veja se a carne já está macia e saindo do osso, se estiver, está no ponto. Retire a carne do osso, elimine mais alguma gordura se quiser e desfie levemente. Volte a carne para a panela, onde se formou um molho encorpado e deixe cozinhar por mais uns 15  minutos, para ficar um molhão bem denso.

Acerte o tempero (pimentinha vai bem!) e finalize com salsinha picada (que eu não tinha…fuén, fuén, fuén!).

A polenta

Não me odeiem mas eu NUNCA fiz uma receita de polenta. Quer dizer, faço sempre no olho, no feeling, na raça, então não tem nem como passar medidas. Tudo que posso dizer é que uso um trucão de misturar o fubá com água antes de levar para o fogo, de juntar manteiga para deixá-la mais cremosa e que quando eu tô entregando tudo na mão de Deus, ainda gosto de juntar parmesão ralado no final, só pra mostrar que eu sou guerreira e não tenho medo de calorias.

Polenta tem que ter paciência, fogo baixo, braço pra mexer e um pouquinho de pegada para saber quando o fubá já está cozido e no ponto.

***

Voltando…

Na hora de servir, polenta cremosa no prato, ragu por cima e finalização com folhas de agrião (rabada + agrião é casamento perfeito).
Sirva quentinho acompanhado de um vinho tinto honesto e seja feliz. Eu fui :)

 

13 Comments
  • Sheila
    junho 14, 2012

    Hummmmmm.. Que coisa mais linda.. Imagino o sabor..
    Deu água na boca..
    E nesse friozinho que está fazendo agora a noite aqui em Brasília cairia muito bem..
    Beijos
    Sheila

  • Adri
    junho 15, 2012

    Que bom que voltou, todos os dias passei por aqui para saber se vc postava algo.
    Sei que não é sua obrigação, mas não some não Loura !!! Faz falta !

  • Henry
    junho 15, 2012

    Mamma mia! Isso deve ficar fantástico. Aliás, Faby, gostei da técnica para deixar a polenta mais cremosa, com manteiga, parece ficar muito boa.
    Outra coisa, sou leitor novo do seu blog e já li umas várias páginas. Achei tudo muito interessante! (;

    • Faby
      junho 17, 2012

      Seja bem vindo, henry!

      Bjo!

  • Paula
    junho 15, 2012

    Tudo delícia, ilhas britânicas, comidinha brasileira, você de volta, êeehhhh!!!!!… Bjkssss!!!!!!!

  • Joy_UK
    junho 15, 2012

    Afff e agora? Como eh que eu vivo sem comer essa rabada? HAHAHAHA

    Lindo demais Faby, que delicia!

  • Neusa
    junho 19, 2012

    Adoro polenta, para saber se a polenta está pronta é só ir experimentando enquanto cozinha, se estiver um pouco amarga é porque não está pronta. Outra maneira de fazer é usar fubá pré cozido é mais rápido e fica muito bom.

  • Luciana Cordeiro
    junho 20, 2012

    hummm q cara boa!
    Bem, como eu aprendi a fazer polenta a pouco tempo (sim eu nunca tinha feito e tenho mais de trinta!) minha sogra me ensinou a fazer na panela de pressão.
    Deixo a água morna, jogo a polenta, mexo, “desenpeloto” com o mixer, acrescento sal e banha, fecho q panela e depois de 10 min na pressão, tá pronta! Só assim pra eu conseguir fazer.

  • Marcia
    julho 22, 2012

    Olá , Faby
    Estou aqui pra te agradecer a linda dica de servir , fiz esta polenta ontem na festa de uma amiga e foi um sucesso além de ter ficado lindo o prato .
    Obrigado pela dica e sucesso .
    Dica: usei flocos de milho da Nutrivitta , muito bom e super rápido o cozimento …15 min de cozimento e pronto .Eu recomendo .

    Bjos

    • Faby
      julho 23, 2012

      Oi Marcia!

      Adoro quando um plano dá certo! Que bom!
      Obrigada pela dica tb… já está anotadinha :)

      Bjo!

  • Guilherme Regazzini
    julho 23, 2012

    Oi Faby, tudo bem?
    Te acompanho todos os dias, suas receitas são maravilhosas, fotos incriveis, de dar agua na boca só de ver…..Parabéns.
    Nessa receita alem de tudo isso, uma dica legal é colocar um pouco de creme de leite, fica cremoso e uma delicia.
    Bjo

    • Faby
      julho 25, 2012

      Valeu pela dica Guilherme! E eu adorei os elogios ♥

      Bjo!

  • Guilherme Regazzini
    julho 24, 2012

    Maravilhosa essa receita, deu agua na boca, foto fantastica……vamos fazer…..bjo

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*