Receitas sopas, caldos & cremes

Sopa creme de abóbora com gengibre

Tá frio aí? Aqui está, e essa é a deixa para abrir oficialmente a temporada de sopas. Eba!!!

Quem me conhece sabe que eu sou uma espécie de… sopólatra (será que tem tratamento já? rs) e as sopas creme são das minhas favoritas – adooooro!

Essa foi feita com abóbora, gengibre, creme de ricota e…bem, eu meti um bacon no final porque eu estava afins de uma coisinha mais…er… hard ;) Mas ó, o bacon é super opcional e na verdade nem faz diferença, já que aqui o que importa mesmo é a doçura da abóbora e a leve picância do gengibre.

O primeiro passo é assar a abóbora. Tá, daí você me pergunta “Assar, Fabiana? Não posso simplesmente cozinhar?”. Veja bem, poder você pode tuuuudo mas, como já diria minha sábia amiga Érica “não há bônus sem ônus”. É mais fácil cozinhar, claro, mas eu posso te garantir que a abóbora assada faz toda diferença e você ainda mantém todo o sabor dela (e pode aproveitar a casca para fazer bolinhos e as sementes assadas podem virar aperitivo!).

Para assar a abóbora basta cortá-la, colocar na assadeira, cobrir com papel alumínio e assar até que a polpa esteja bem macia. Enquanto isso, aqueça azeite em uma panela e coloque uns 2 dentes de alho picadinhos para dourar e depois 1 cebola cortada bem fininha, até que ela fique transparente. Agora, traga a polpa da abóbora que você já assou e misture bem. Acrescente cerca de 1/2 litro de caldo de legumes e mexa para incorporar. Se ficar grosso demais, coloque mais caldo – a ideia é que seja um creme consistente, mas não um purê, ok?

Junte um pedaço de gengibre ralado (use a gosto, mas comece com pouca quantidade e coloque mais, se for necessário) e misture. Coloque umas 3 colheres de creme de ricota (ou pode ser creme de leite, ou cream cheese, ou nata, ou requeijão…), eu gosto do creme de ricota porque ele ajuda na textura mas tem um sabor super leve. Misture tudo bem e, se tiver, finalize na própria panela com um mixer – isso deixa a sopa mais lisinha, mais homogênea, mas é opcional… se você quiser uma sopa mais rústica, pule essa parte. Ah! E se você não tiver mixer, pode levar à mistura ao liquidificador também que super funciona bem.

Ao final, acerte o tempero – sal, pimenta e , se quiser, salsinha e cebolinha picadinhos.

Para servir, você pode finalizar com as ervas, com o bacon em cubinhos como eu fiz, ou mesmo com uma generosa colherada de creme de ricota. Abra um vinho e seja generosa na quantidade de sopa – o povo semmmmpre repete, vai por mim :)

Você Pode Gostar Também

20 Comentários

  • Reply
    Elen
    18 de maio de 2012 at 11:24

    Jesussss hein Dona Faby!!!
    Q delíciaaaa!!
    Me fala uma coisa, vc usou abóbora cabotiã, né?

    Bjooo!!
    ps.: amei o termo “sopólotra” eu e meu marido estamos assim tbém nesses dias frios, rssss

    • Reply
      Faby
      18 de maio de 2012 at 13:33

      Não Elen, eu useu a moranga.

      Bjim!

  • Reply
    Erica
    18 de maio de 2012 at 18:27

    Querida Fabi, se vc é “sopólatra” eu sou “abobólatra” – credo! essa ficou horrivel. Enfim, amei! Diante disso, aguardado agora a receita dos “bolinhos da casca da abóbora”, pleeeeeeease! Bj enorme

    • Reply
      Faby
      19 de maio de 2012 at 9:22

      Erica, pra fazer os bolinhos, vc pode usar as cascas processadas para incrementar o bolinho de arroz, ou pode usá-las como atração principal do bolinho, agregando farinha de trigo, ovos e leite até o ponto que deseja. A próxima vez que rolar abóbora assada aqui eu vou fazer o bolinho e anotar as quantidades, deixa comigo. Bjo!

      • Reply
        Erica
        19 de maio de 2012 at 22:50

        As cascas são assadas? Cê bate com leite e ovos??? Bom, aguardo!
        Mil bjs e obrigada!

        • Reply
          Faby
          21 de maio de 2012 at 13:18

          Isso Erica, agurade que quando eu fizer de novo eu faço o bolinho e posto aqui ok?

          Bjo!

  • Reply
    Vania
    23 de maio de 2012 at 16:15

    Oi Fábi. Comprei a abóbora cabotiã…e agora?sera que da certo?

    • Reply
      Faby
      4 de junho de 2012 at 16:43

      Manda bala, Vania!

      Bjo!

  • Reply
    Ela
    23 de maio de 2012 at 16:44

    Fiz esta sopa e todos da casa adoraram, inclusive meus bebês de 11 meses. O gengibre estava suave e eles adoraram. Gosto de ir apresentando-lhes a boa comida! :)

  • Reply
    Roberta Lito
    27 de maio de 2012 at 16:55

    Adoro sopas, um dia destes eu fiz uma sopa creme de abóbora com camarão, delícia.

    Boa pedida!

  • Reply
    Lacerda
    30 de maio de 2012 at 14:16

    Olá Faby,

    Parabéns pelo site. Acompanhoas tuas receitas desde o rainhas do lar. Em relação à essa receita, onde entra o gengibre? Não achei na receita.

    Obrigado

    • Reply
      Faby
      4 de junho de 2012 at 16:42

      Lacerda, o gengibre tá aí, uai! Na foto e na receita :)

      Bjo!

  • Reply
    camila medeiros
    30 de maio de 2012 at 15:37

    Adorei a receita!!!

    Vou tentar fazer nesse fds! Me tira só uma dúvida… quanto tempo mais ou menos leva pra assar a abóbora?
    Beijos

    • Reply
      Faby
      4 de junho de 2012 at 16:41

      Camila, depende do tamanho, mas geralmente uns 30 minutos.

      Bjo!

  • Reply
    Júlia
    7 de junho de 2012 at 22:16

    Faby, já havia feito antes a sopa, mas com a abóbora cozida na água. Estou na casa da minha mãe (em Assis) e aqui esta um *p* frio e resolvi fazer a sopa de abóbora, seguinda sua dica de assá-la. Ficou MARAVILHOSA!!!! Realmente todos repetiram. Beijo grande.

  • Reply
    Lilian
    10 de julho de 2012 at 23:34

    A sopa foi mega aprovada!!! Deliiiiciosa!!!! Eu e meu marido gourmet amamos!!!!

  • Reply
    Christiane
    1 de agosto de 2012 at 11:26

    Olá, bom dia!

    Qual é a quantidade da abóbora?

    Obrigada,

    Christiane

  • Reply
    Michelle
    8 de fevereiro de 2013 at 0:05

    Das melhores q já experimentei!

  • Reply
    [#dica] Assar abóbora | Pimenta no Reino
    20 de fevereiro de 2013 at 15:22

    […] abóbora eu usei para fazer essa sopinha aqui e levar para essa linda aqui, que  tava dodói […]

  • Reply
    Creme de abóbora e cenoura
    10 de junho de 2014 at 16:55

    […] descascada (pq né, Deus é mais!) eu costumo assar com casca e tudo, como já ensinei aqui nesse creminho com gengibre. Pois bem, hoje vou mostrar como faço essa outra versão de creme, sem precisar assar, ideal pra […]

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.