Cevadinha ao curry com legumes

Ok, eu admito: sou a louca dos grãos. A d o r o e vivo inventando mil jeitos de incluí-los no meu dia a dia. Ultimamente, meus dias de semana tem sido vegetarianos – sem muita obrigação, apenas algo que tá rolando porque felizmente tenho uma entrega de orgânicos na minha região que me atende tão bem que a carne anda sendo dispensável. Enfim, junte orgânicos de qualidade e grãos e você terá uma Fabiana feliz :)

Aqui eu mostro mais uma dica do que uma receita, uma maneira de variar o cardápio da semana acrescentando ingredientes saudáveis e, claro, muito sabor. A cevadinha é um grão integral tão gostoso e versátil que aqui em casa ela entra em diversos preparos – da sopa à salada. Vou mostrar esse jeito de preparar, que é um refogadinho bem simples e fácil de fazer.

A primeira coisa é deixar a cevadinha de molho por umas 2 horas mais ou menos (usei cerca de 1 xícara). Depois, eu lavo e coloco na panela de pressão com  1/2 cebola (nem precisa fatiar), uma folha de louro, sal e uns 2 cravos da índia. Tem que cobrir de água e deixar cozinhar por uns 20 minutos depois de pegar pressão. O ideal é cozinhar somente até ela ficar macia. Se ainda tiver líquido, é só escorrer, descartar o louro, a cebola e os cravos e reservar.

Em uma frigideira grande aqueci azeite e dourei alho e cebola. Juntei os legumes que estavam à mão – aqui foi cenoura, brócolis e vagem. Acrescentei 1 colher (sopa) de curry, um punhadinho de uvas passas brancas, pimenta calabresa, sal, um pouco de água e deixei cozinhar. Quando os legumes estavam quase macios, trouxe a cevadinha cozida para a frigideira e misturei bem. É só deixar mais um pouco até que os legumes também estejam al dente. Acertei o sal, juntei o suco de 1/2 limão e pronto.

Pra finalizar, salsinha, castanha do Pará picada e raspas de limão. Eu sirvo como prato único mas vira acompanhamento para um grelhado ou uma entradinha vegana super saborosa. Pra deixar o prato mais cremoso e com carinha de risoto, vai bem umas colheradas de creme de ricota (ou manteiga) e parmesão ralado – amo esse risotinho fake ;)

Aqui a versão foi vegetariana, mas é claro que você pode incluir a proteína que quiser (frango e peixes super combinam) e outros vegetais.

2 Comments
  • ELISA
    janeiro 30, 2017

    amei o blog

    • Faby
      fevereiro 7, 2017

      Obrigada, Elisa! <3

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*