sh Category Archive for "notícias do reino" | Pimenta no Reino

Neutralize já!

Sabia que um blog produz quase 3,6 kg de dióxido de carbono por ano? A maioria dos blogueiros não sabe, como eu também não sabia até que a Gesto Verde me procurasse.

A proposta é muito simples – eu divulgo a ação e eles plantam uma árvore para o meu blog, que assim fica neutro em CO2. Em parceira com o  Programa Plante Árvore do Instituto Brasileiro de Florestas (IBF), o objetivo do Guiato é restaurar áreas desmatadas através do plantio de mudas nativas na região de Apucarana, no Paraná. Além disso, a Gesto Verde faz parte de uma rede internacional de iniciativas baseadas no mesmo modelo, as quais já plantaram mais de 3 mil árvores na Europa. O objetivo é plantar 500 árvores!

Meu blog já é neutro em CO2, neutralize o seu também!

Quer um livro com as 100 melhores receitas de bolos?

A Subjetiva.com acaba de lançar um livro digital para transformar qualquer leigo em um(a) boleiro(a) de mão cheia. Durante um ano e meio eles testaram receitas caseiras de bolo e selecionaram as melhores no livro  “Os 100 melhores bolos” que está a venda no site.

Além das receitas, que são supimpas, o livro ainda resolve grandes enigmas da culinária caseira – “como deixar o bolo molhadinho?”, “qual o segredo do bolo fofinho?”… ou seja, eles entregam TODO o ouro.

E sabe como esse post ainda vai melhorar muito?

É que os primeiros 15 leitores do Pimenta no Reino que clicarem no link abaixo e colocarem o código do cupom baixam o livro na hora, NA FAIXA!

U-hu!

É só clicar aqui, adicionar o livro ao carrinho e colocar o código do cupom: pimentanoreino

Gente, só os 15 primeiros! Tem que ser the flash, ninja, ligeirinho… CORRE!

Na Cozinha (ou numa sala da Marginal) com Nigella


(inglês fan) . 2 g.
1. [Informal]  Indivíduo que admira entusiasticamente uma figura pública, geralmente do mundo do espectáculo. = ADMIRADOR
2. [Informal]  Pessoa que nutre grande admiração por alguém ou alguma coisa.

Seja comandando um restaurante, estudando e divulgando a comida brasileira ou pilotando um fogão na televisão, existem pessoas no mundo da culinária/gastronomia que fazem um trabalho que admiro muito e isso portanto já me credencia na categoria descrita aí em cima (e se você é daqueles que acha que só dá pra ser fã de banda de rock ou astros de Hollywood, pare a leitura por aqui…rs).

Desde que me enveredei pelo mundo dos blogs de comida, encontrei nesse universo pessoas que me muito me ensinaram e serviram de inspiração. Nigella Lawson é uma delas. Desde que vi a moça sorridente pilotando uma mezzaluna na televisão, devorando asinhas de frango picantes e cozinhando de uma maneira muito próxima do que acontece na minha própria cozinha, foi praticamente impossível não me identificar.

Ao longo de todos esses anos, seus pratos da TV serviram de inspiração para muitos posts meus e seus livros se somaram à minha pequena biblioteca gastronômica, a qual na última sexta-feira um exemplar muito especial se juntou.

Em uma sala de um dos prédios envidraçados da Marginal Pinheiros em São Paulo encontrei Nigella Lawson, toda linda num vestido burgundy (vinho, né gente?), sorriso aberto, maquiagem correta e uma pele que faz qualquer um duvidar de seus 53 anos. Muito simpática e disposta, ela falou com um pequeno grupo de blogueiros de comida* sobre sua cozinha, seu livro, seu programa de TV… atendeu a todos os pedidos de foto, recebeu mimos, se entusiasmou com nossa sugestão para que provasse coxinha, sorriu e foi generosa com todos aqueles babões que pareciam estar diante de uma diva. E estavam.

Todos fizeram suas perguntas e pelas respostas ficou ainda mais fácil entender porque a moça causa tanta empatia nas pessoas. Nigella cozinha porque gosta, o que gosta, do jeito que gosta. Sua relação com a comida não é técnica, não é tão precisa… a cozinha onde grava seus programas é uma réplica da sua própria e ela ainda se atrapalha com o manejo das panelas que ajuda a edição do programa. Se considera espalhafatosa na cozinha e não tem intenção de levantar bandeiras quanto ao que as pessoas, inclusive os filhos, devem comer. Sua cozinha tenta ser saudável mas sobretudo se permite o prazer – e eu não tenho como concordar mais com isso. Prazer, gente! É disso que afinal cozinhar se trata, e Nigella traduz isso como ninguém.

Ao final, entregamos nossos exemplares do livro Na Cozinha com Nigella (Editora Best Seller/Grupo Record) para ganhar ali uma recordação para sempre – o autógrafo de um ídolo, e só quem é ou já foi fã vai entender bem o que é isso.


(foto: Maria Capai/DigaMaria.com)

Obrigada ao Grupo Record (Guilherme, Rodrigo, <3 vocês!) por me permitir transpôr essa linha que mantém distantes ídolo e fã. Encontrar pessoalmente alguém que você admira de longe não é tão fácil e pode trazer grandes decepções – felizmente não foi isso que aconteceu comigo sexta passada. A Nigella da TV, que gosta de cozinhar de robe de seda, fritar salsinha e assaltar a geladeira de madrugada se juntou à Nigella sorridente, entusiasmada e carismática que encontrei pessoalmente. E um detalhe…  ela é daquelas que fala olhando no olho da gente, sabe como é? Definitivamente eu gosto de gente assim :)

(*) Aos meus companheiros de tietagem, obrigada pela acolhida, pelo momento gostoso do vinho que tomamos para comemorar, pelas palavras carinhosas de quem ainda não me conhecia mas já admirava minha trajetória blogueira… Valeu Maria, Paula, Otávio, Débora, Renata, Patrícia, Raquel, Mônica e principalmente minha amiga Fabi, que compartilhou comigo os bastidores dessa aventura – e que aventura, né amiga? ;)

Foi lindo.

Status > Esperando ansiosamente Gordon, Bourdain e Jamie <3

***
Logo mais posto um vídeo com trechos da entrevista. Já, já.

Cerveja artesanal

Vocês sabem que eu faço cerveja com mais seis amigas em uma confraria só de mulheres cervejeiras chamada Maltemoiselles, né?

Pois é, e aqui está nossa mais recente criação – a Black IPA 16P1S – pretinha, gostosa e lupulada, do jeitinho que a gente gosta.

Ah! O rótulo escândalo de lindo é criação do talentoso Daniel Stanczyk. Será que vocês conseguem entender o signficado do nome? ;)

***

Você também curte cerveja? Então, visite a página das Maltemoiselles no Facebook e também o Sem Medida, blog fofuxo extreme onde três das confreiras escrevem sobre o assunto.

Um novo dia de um (não tão) novo tempo

Ok, eu não tenho nem vergonha na cara de vir aqui, em pleno dia 22 de janeiro, para escrever uma mensagem de ano novo.

É, não tenho. E também não vou pedir para vocês continuarem me amando porque né, eu tô muito malandrona ;)

O final de ano foi aquela lama que vocês já sabem… correria, insanidade e todos os trililis típicos de todo bom e velho dezembro. Para agravar, eu ainda estou em obra. É gente, O.B.R.A.E.T.E.R.N.A é meu sobrenome. Sério, a parte interna até que foi, mas a externa…pffff… estacionada – cortesia de São Pedro e sua chuvinha quase que diária desde que 2013 começou. Se obra já não é uma coisa fácil, com Saint Peter te trolando fica MUITO pEor, acreditem.

Tá, então a obra tá rolando, a casa já tá meio que com nosso cheirinho, a poeira baixou um pouco, as coisas saíram das caixas, a conta no banco explodiu, o orçamento estourou, aquela coisa. Mas eu nem vim aqui para ficar de mimimi não! Vim porque estava com saudades e porque parece que vou, finalmente, voltar ao fogão.

Na verdade eu já até voltei. Agora tenho uma ajudante todos os dias, o que facilitou MUITO a minha vida e me fez voltar a ter um pouco de fá na humanidade, e tenho cozinhado bastante para que ela pegue o jeito da casa e tal e cousa. Só que né… comidinha do dia a dia, nada que fosse digno de um post por aqui. Comida de festa, daquelas boas de fazer… aí tá um pouco mais difícil, mas o fogão novo já recebeu gente do naipe da Fabi (Figos & Funghis) e do Veio (Mesa Pra 1), de modos que… tá andando, gente! Devagarim (como diz a minha vó), mas tá!

Ah! A foto que ilustra o post é só para vocês verem que sempre tem uma luz no fim do túnel (e nem sempre é o trem!). Lembram da foto desse post aqui? Então, era o antes. Agora tá assim, ficando bonitinho e ajeitado :)

Pra (re)começar a tocar a cozinha aqui, vou de bolo de vó, no próximo post.

Vamos tocar esse 2013 então? Boooooora!

Diário da Reforma – Are you there God?

Eu ia contar os babados todos, as aporrinhações (que têm sido muitas), o trililis e os nhenhenhens, mas né… uma foto vale mais do que mil palavras.

Paredes e lajes sendo cortadas, pintura parada, instalação de escada atrasada em uns… muitos dias, conta bancária falida, paciência esgotada, chuva, prestadores de serviço atrasados, entregas perdidas, orçamentos de mais de três dígitos, coisas que não funcionam, coisas que quebram, lojas de material de construção, pó, lama, cães encardidos, caixas e caixas para abrir…

No meio do caos, montei uma árvore linda, com pimenta vermelha, maçãs, tomates, lacinhos de bolinhas… uma guirlanda escândalo de fofa e, seDeus quiser (oremos!) consigo até botar as luzinhas no jardim essa semana.

Ah, o jardim! Tá lindo. E isso, meus caros, é o que me deixa feliz no momento <3

Para o alto e avante! (mas para ir pro alto preciso que instalem minha escada!!!!!! rá!).

p.s: pra piorar, uma semana depois de mudar tive um acidente de carro com uma moto… eu e o motoboy estamos bem, mas tô sem carro e vou morrer com a franquia do seguro. Tá difícil, Brazew! :))))))

Diário da Reforma – A dor e a delícia

Voltei!!!

Me mudei no sábado passado!

– Ainda estou mergulhada em caixas e mais caixas;
– Fiquei um dia sem tomar banho porque não sabia onde estavam encaixotadas as toalhas (isso porque etiquetei TODAS as caixas!);
– Perdi diversas taças na mudança (e isso porque embalei uma a uma no plástico bolha);
– Meu marido surtou porque encaixotei a caixa de remédios e ele teve uma crise de renite;
– Meus cachorros estranharam na primeira noite mas agora parece que estão mais ambientados;
– O portão novo JÁ deu defeito (gente!);
– A NET instalou um telefone que não funciona;
– Minha janela nova da cozinha ficou LINDA mas descobri que o sol que bate lá durante a tarde é capaz de bronzear uma pessoa albina (nota mental: cozinhar de filtro solar);
– O piso ficou linnnnndo! Um laminado bisotado muito fofo (atendimento excelente e preço bacana: Pré Finito Pisos, corre lá!)
– Meu pintor-faz-tudo salvou minha vida umas… 37 vezes já! Pau para toda obra, bom humor… precisando de um cara bom aqui em SP? O nome dele é Javalci e ele tem preço bom (mas só está disponível depois que acabar a minha obra, han?);

A dor…

Me mudei sem terminar a obra. Tá ok, foi loucura, EU SEI! Mas gente! Eu TINHA que mudar, e nem sempre nessa vida a gente consegue fazer o ideal, não é messss? ;)
Ainda vou derrubar parede, instalar escada e fazer o diabo. Deus me defenda e me dê forças! E Nossa Senhora das Hérnias Instigadas que me acompanhe :)

A delícia…

Tenho um fogão novinho e já fiz Miojo nele! (nem venham com chicotinho!)
Comprei um 6 bocas – por informações de várias pessoas que tem o de 5 bocas, acabei achando que o de 6 me atenderia melhor. O gás na casa nova é de cilindro e o bicho tá potente que só!

Ah! Minha mãe hoje cozinhou arroz, feijão e moela (um dos meus cardápios favoritos dessa vida) no meu fogão. Dá pra dizer que foi ELA quem o estreou, né? Eu já fui melhor. Acho. Rá!

#ficaadica
NUNCA escolha a cor externa da sua casa TODA pelo site da empresa de tintas. NUNCA! Eu achei que minha casa seria verde azulada e descobri que de azul a tinta não tem nada. Ou seja, morarei numa casa verde, praticamente uma palmeirense (segundona ainda! Cruzes! rs).

Compre uma latinha pequenininha para fazer o teste e só então compre os galões grandes. Esse é o ideal, mas… como eu disse, eu tô longe de fazer o que é ideal :(

Vou mentalizar: verde é loosho! :)

Tchau! Eu volto!

Diário da reforma – Alive and kicking!

Yeah! Tem uma luz no fim do túnel, vejam vocês! :))))))

A reforma continua a todo vapor… o contra piso já foi feito e está secando, o piso já está escolhido e logo será entregue e instalado, os conduítes estão sendo passados, as janelas compradas e com previsão de entrega essa semana, todos os 6543 espelhos de tomadas e afins comprados (custam uma fortuna e você tem que comprar em partes, uma coisa super complexa e chata), a pintura do piso superior quase finalizada… logo começamos a parte externa – e mais parede abaixo!

– decidi fazer uma parede da churrasqueira com tinta de lousa preta. Meu pintor ri e acha todas as minhas ideias engraçadas – “Javaci, vou colocar uma tinta preta, daquelas de lousa aqui nessa parede, tá?”… “pro povo pintar é? kakakakakakakakaka!”, pergunta ele. Com certeza ele deve me achar louca;

– procurando um serralheiro e um marcineiro – começa agora mais uma saga;

os detalhes, nem tão pequenos…

– encontrar uma empresa que faça limpeza e pequenos restauros em pedras;
– pedir instalação da Net;
– começar a luta pela transferência de linhas telefônicas (da empresa, que mudará junto comigo), portabilidade e outros bichos;
– pedir os cilindros de gás na casa nova;
– onde conseguir tanta caixa que vou precisar? (porque encaixotar mais de 1.000 cds vai ser uó!);
– plástico bolha, fita adesiva…
– começar a embalar as coisas de cozinha (pense numa cozinha que tem 65433 coisas! a minha…);
– começar a levar e replantar as minhas plantinhas;

Burocracia, aqui vou eu! Transferir nomes nas contas de água e luz de todas as casas envolvidas, cancelar contratos de locação, alterar endereço em 9.432 cadastros…

Mudar é bom mas cannnnnnnnnnsa, num é não? ;)

Força na peruca! Boa semana para nós!

p.s: a foto do post é da primavera do meu jardim ♥♥♥