Receitas

Tilápia no cartoccio

Carto… what? Assustou com o título da receita? Então, pode relaxar. Essa técnica de cozimento é das mais simples que existem e o resultado final é perfeito, principalmente para peixes. E talvez você já tenha até visto essa técnica, mas com o nome de papillote (em francês, chiquérrimo) ou papelote, no bom e velho português. Pois bem, cartoccio é a mesma coisa, só que em italiano :)

Ou seja, qualquer um desses nomes quer dizer apenas que algo foi preparado em uma espécie de “envelope”, que pode ser de papel alumínio ou manteiga. Eu já coloquei uma receita de papilotte aqui ó. Os envelopinhos são feitos em porções individuais, por isso também são um charme para servir em um almoço ou jantar mais especial.

Aqui eu usei filé de tilápia que foi para o papelote em cima de uma “caminha” de cenoura (cortada em quadradinhos pequenos), cebola, pimentão e alecrim. Por fim, bastou acertar o sal e a pimenta, regar com um pouco de balsâmico (usei um de maracujá) e um tico de azeite. Basta fechar bem o envelope para que o peixe os demais ingredientes cozinhem no vapor que vai se formar dentro dele e levar ao forno pré aquecido por uns 20 minutos.

Fácil demais. A mesma técnica dá pra usar com outros tipos de peixe e também com filé de frango, cogumelos e os vegetais que você mais gostar.

Você Pode Gostar Também

Sem Comentários

    Deixe uma Resposta

    *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.