de festa pratos únicos Receitas

Raclete com polenta brustolada* da Clau

Pois é… lamentavelmente o inverno 2011 está aí, batendo na nossa porta e, nem bem chegou, já deu pra sentir que vem frio nervoso por aí.

Bem, eu digo lamentavelmente porque todo mundo sabe que detesto frio e sou uma criatura que adoraria hibernar durante o outono e inverno, mas uma coisa eu tenho que admitir: comer no frio é uma coisa muito da batuta :) É engordativo, mas que é bão… é!

E uma das (poucas) coisas boa do frio é essa aí ó: raclete. Ave Maria! É programa daqueles para, no final, você ir embora rolando, manja? Esse da foto rolou na casa da Clau, para receber a Si e, novamente, nós enfiamos os pés, as mãos e tudo mais na jaca.

Como se não bastasse a gordice normal do prato – queijo + batata + vinho em abundância – a Clau, que de santa não tem nada, introduziu (ui!) a polenta na raclete, nessa versão “brustolada” (*gente, esse verbo só existe no RS e, ao que tudo indica, só serve para polenta, não adianta… hohoho #dontask) e aí foi que a coisa desandou de vez. Virou tradição agora – raclete TEM que ter polenta e, consequentemente, mais 7.896 calorias.

Gostou da ideia? Pois eu já ensinei como preparar uma raclete aqui ó.  E ó… se aí nas suas bandas também está esse frio de doer, correr preparar a sua! Sucesso garantido, juro ;)

Você Pode Gostar Também

10 Comentários

  • Reply
    Liana
    13 de junho de 2011 at 23:03

    Faby, vc já viu isso: http://www.magazineluiza.com.br/PortaldaLu/verConteudo.asp?id=3129
    Eu não achei os devidos créditos…

    • Reply
      Faby
      14 de junho de 2011 at 8:58

      Muito feio, né Liana? Eu não entendo como uma empresa faz esse tipo de coisa… até aceito que exista gente sem noção por aí, copiando tudo e todos, mas uma empresa deveria ao menos checar a origem de seu conteúdo.
      Tsc, tsc, tsc… muito feio, Magazine Luiza, muito.

      Tks pelo toque, Liana!
      Bjo!

  • Reply
    Josane Andrade
    14 de junho de 2011 at 14:28

    Faby!
    Ao abrir o post me deparei com um termo super familiar que ouvi durante minha infância! Meus avós maternos são descendentes de italianos e vierem muito cedo do Rio Grande do Sul para o Paraná e desde que me entendo por gente comíamos no café da manhã a “polenta brustolada” na chapa do fogão a lenha que a nossa querida Nona Rosa fazia! Não tínhamos o habito de comer pão no café da manhã. Sentavámos em volta de uma bela mesa redonda e comíamos polenta brustolada com nata, salame, melaço ou pura mesmo, sempre acompanhada de uma bela caneca de café com leite. Que saudade desse tempo. Cheguei a sentir o cheirinho da polenta “assando”! Beijos queridona!

  • Reply
    Rita
    15 de junho de 2011 at 14:46

    Faby,
    Compartilho com a Joseane essa saudade da infância…meu pai fazia polenta brustolada pra nós no café da manhã..comíamos com leite e café..sinto o gosto só de lembrar…
    descendente de italianos nos deixou várias iguarias como lembrança….se não me engano este termo faz parte de um dialeto de alguma região de lá…
    beijosss!

  • Reply
    Lourdes
    15 de junho de 2011 at 19:01

    Menina…não é que eu faço a tal da polenta brustolada e não sabia que era esse o nome da “pessoa”? Foi assim ó: todos adoramos a polenta frita, só que não dá fritar polenta, ou batatas, ou jilós (já comeu jiló fatiado fininho, passado no fubá e frito…com uma cervejinha esbranquiçada? Ui…divino! Agora são sabores do passado :(, menos a cerveja, claro>)) Mas vamos a polenta brustolada. Aí resolvi que não deixaríamos de comê-la e passei a fazer assim na chapa ou na frigideira antiaderente, com um fio de azeite e uma ponta de faca de manteiga. Delícia!

  • Reply
    Erika
    16 de junho de 2011 at 13:43

    Olá
    Eu conheço brustular, e realmente é perfeito com polenta. Minha vó brustula tudo: pão, berinjela, abobrinha! Sempre ri quando ouvia minha avó falar brustular, fiquei feliz em saber que ele trouxe risos a mais pessoas.
    Beijos
    Erika

  • Reply
    Evelyn Schuermann
    18 de junho de 2011 at 21:58

    gentiiiiii! eu me sentia um peixe fora d’agua qdo falava brustolar…brustolou e tds variações do verbo..ahahah aki em sorocaba temos uma forte influencia paranaense, e msm do sul, pois a cidade era parada de tropeiros vindos das bandas de lá!q gostoso saber q mais gente fala assim..e sabe de mais? o brustoladinho do bife no fundo da panela grossa é q dá aquele sabor de comida de mãe…

  • Reply
    Mayana
    21 de junho de 2011 at 13:13

    Ei Faby, fui pesquisar pra tentar descobrir o que era polenta brustolada,ai encontrei isso: http://www.youtube.com/watch?v=-tJK_vmvwR4
    Achei muito divertido =D

  • Reply
    Rô Gratão
    22 de junho de 2011 at 18:48

    Ai Fabyyy… lá vem você me lembrar da existência da raclete… kkkkkk…
    Agora vou ser obrigada a repetir a dose… hummmm…
    beijinhos,
    Rô Gratão

  • Reply
    Fabrisia Garcia
    18 de julho de 2011 at 13:36

    Olá! Descobri seu blog na semana passada tentando achar receitinhas de raclete, e amei, e já sou seguidora fiel! E hj passei aqui para dizer que na sexta-feira fiz exatamente a receita como vc ensina aqui, e foi um verdadeiro sucesso!!! Muito obrigada!!!

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.