de festa entradas e petiscos Receitas

Bombons de queijo, ameixa e avelã

Apesar do nome remeter a algo doce, essas delicinhas são salgadas, mas tem um equilíbrio docinho da ameixa e ainda a crocância das avelãs – mais perfeito, impossível. A inspiração veio do André Nogal, que também se inspirou na receita de uma revista de gastronomia – fala, não é linda essa “cadeia de inspirações”? E eu te garanto que se você servir esses bombons com um espumante geladíssimo e me convidar para essa ocasião, terá meu amor para sempre =)

Pois bem, receita não tem (nem o André tinha, não briguem comigo!) mas para fazer os bombons de queijo você só vai precisar misturar a seu bel prazer alguns tipos de queijos, processá-los e depois moldá-los com o recheio que lhe apetecer. Eu e o André fomos de ameixa, sem caroço por supuesto, mas acho que rolaria lindo com tâmaras, damasco, figo e até cereja. Ele finalizou com ervas, gergelim e macadâmias. Já eu fui de avelãs torradas e moídas e dispensei as ervas.

Para a base de queijos usei minas fresco, ricota defumada, parmesão e pecorino, sem muita importância com a quantidade de cada um – fui acertando pelo meu gosto mesmo, já que queria uma mistura com sabor predominante salgado e defumado. Ralei todos os queijos e depois dei uma ligeira processada. Eu providenciei um potinho de nata mas, no meu caso, não foi preciso acrescentar nada para dar a liga, já que consegui moldar tranquilamente as bolinhas apenas com a mistura de queijos. Já o André usou creme de leite fresco para conseguir a liga, e eu acho que dá pra usar outras tantas variações como um cream cheese, requeijão ou ainda um queijo cremoso como mascarpone.

A finalização também aceita inúmeras variações – você pode se jogar nas ervas, usar sementes de papoula ou mesmo abusar de nozes, castanhas, amêndoas… o importante mesmo é fazer essa finalização com algo que dê esse crocante – já falei né? a crocância é importantíssima, comadres!

Ah! No meu caso, as bolinhas não podiam ser grandes, já que eu estava servindo como petisco. Por isso, eu as moldei do tamanho certinho de uma bocada e, depois de prontas, mantive na geladeira até o momento de ir para a mesa, para que ficassem bem firminhas.

Para servir, minha sugestão de acompanhamento foram as uvas verde e red, que ainda por cima casaram muito bem com o fio condutor da noite – o espumante =)

Quer arrasar? Se joga nos bombonzinhos de queijo, vai por mim. André, arrasou na dica!

*post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

Você Pode Gostar Também

1 Comentário

  • Reply
    Rosângela Dagostin
    14 de fevereiro de 2013 at 22:47

    Adorei esta receita. Vou fazer.

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.