Torta de pão com recheio de frango e creme de palmito

Se você foi criança nos anos 70 e viveu no interior de São Paulo, provavelmente viu a foto acima e teve um pequeno momento revival, não foi?

Pois é, essa famosa torta gelada de pão de forma era presença garantida em festinhas na escola, visitas à casa da tia (tia adora fazer essa torta) e até, sério mesmo, em casamento eu cheguei a comê-la – glamour era uma palavra desconhecida, admito ;)

Enfim, trata-se portanto de um prato nostálgico. Alguns dirão que é brega, e talvez seja mesmo – pra quem, é claro, se dá com essa coisa de rótulos e padrões – outros acharão uma receita boba e sem graça, mas o fato é que quem prova uma torta de pão bem feita rapidinho se desfaz desse monte de “achismos” e acaba é achando muito bão e ponto.

Eu não tive como escapar da vontade louca de fazer a torta quando me deparei com esse pão de forma colorido na Santa Marcelina. Se eu fosse mais pheena, ia atacar de canapés – e esse pão deve se prestar maravilhosamente a isso – mas como sou apenas uma grande saudosista, me joguei na invenção de recriar a torta da minha infância e ó… não é por nada não mas eu arrasei. Dá uma olhada se tinha alguma chance disso não ficar uma delícia…

1 – Para começar, providenciei um creme de palmito: cebola e alho no azeite até murchar, palmito picadinho, uma colherada de farinha de trigo, frita bem, junta leite, tempera com sal e pimenta e deixa o creme engrossar.
2 – Depois, foi a hora de preparar um frango desfiado bem temperadinho – leva alho, cebola, milho verde, tomate cereja picado, salsinha, bastante manjericão, sal e pimenta a gosto.
3 – Para dar ainda mais sabor, uma pasta de ricota com azeitonas pretas, os dois juntos processados e levemente temperado com sal e azeite.

Tudo isso pronto, foi só começar a montar as camadas da torta, alternando os recheios.

Para finalizar, cobri com um creme feito com maionese, creme de leite e requeijão. Há quem cubra só com um ou com outro e não tem nenhum problema nisso. Eu preferi a mistura dos três e o resultado foi um creminho bem suave. Salpiquei gergelim e levei à geladeira até o momento de servir.

Aliás, para servir o melhor acompanhamento é tubaína… mas né, se você não quiser ser tãããããõ nostálgica assim, libero um suco ou refrigerante comum =)

Nem preciso dizer que rechear uma torta de pão nada mais é do que um exercício de criatividade, né? Praticamente tudo que tiver dentro da sua geladeira pode servir de recheio. A única observação é não usar recheios muito molhados, para não amolecer demais o pão. O resto vale tudo… e dá para abusar bastante das cores, mesmo utilizando um pão de forma comum – cenoura e beterraba raladinhas dão um colorido bacana e o mesmo vale para pastinhas com azeitonas pretas, salsinha, brócolis cozido, mandioquinha… quanto mais colorida a torta, mais batuta ela fica :)

35 Comments
  • Adriana Alves
    julho 4, 2011

    Gente, que máximo. Não vivi no interior de sp… olhando essa foto… fique pensando que pena… Muito colorido e saboroso! Beijocas, Adriana.

  • Clau Tomasi
    julho 4, 2011

    EU COMI E ADOREI.
    ESTÁ MARAVILHOSA.

  • Rafael
    julho 4, 2011

    Fabi, que torta linda, parabéns !!! dá até dó de comer.. rsrs

  • Dai
    julho 4, 2011

    Sempre a faço nos nivers aki de casa … é bão de + …. Faz o maior sucesso, não sobra uma migalha pra contar história

  • Gisele
    julho 4, 2011

    Lindo e delicioso. Sempre amei este sanduíche. Agora com esta idéia super colorida não tem como não provar estes recheios. Bjs

  • Andréa Carvalho
    julho 4, 2011

    Gente que pão é esse.e que torta linda é essa, Pera tô babando aqui….. Voltei, vou fazer, problema q vou usar pão normal.
    Bjus Faby

    • Faby
      julho 4, 2011

      Ô Andréa mas não tem galho não viu? Capricha no colorido dos recheios e vc terá uma torta leeeeenda de viver tb :)

      Bjo!

  • Renata
    julho 4, 2011

    Ficou muuito linda! Quero pães coloridos também! :)

  • Maria
    julho 4, 2011

    Eu já comi muito desta torta. E a flor de tomate em cima???

    • Faby
      julho 4, 2011

      Kakakakakaka é Maria, com flor de tomate em cima era O clássico mesmo! kakakakakakaka!

      Bjo!

  • Calleigh
    julho 4, 2011

    Faby! Eu amo estas tortas! Podem ser bregas ou whatever, mas eu amo!
    Aliás, faz um tempão que eu não me jogo numa! eheheheheheeh! E nunca fiz nenhuma também….Como vc disse, eu comia nos aniversários, alguma reunião, mas faz tempo que não como e nem vejo por aí. Acho que a última que eu comi, foi no casamento da filha de uma ex-secretária minha, muito querida. E faz tempo!
    Amei o visual, pois o gosto nem preciso dizer, né? Deve ter ficado mesmo uma coisa de tão boa! Aqui no Rio não vejo destas coisas que só encontramos em SP. Pode ser que haja uma padaria que venda ou o que seja, mas nunca vi! Parabéns! Arrasou! E minha boca ficou cheia de água…e vai ficar assim mesmo…tudo passa, até uva passa! eheheheheeh! Bjs.

  • Fábio
    julho 4, 2011

    Tá ai uma torta que eu nunca gostei, sempre achei sem graça, meio sem gosto, sei lá. E o pior é que nem do bolo de aniversário eu gostava tambem

  • PATRICIA LOPES
    julho 4, 2011

    FABY, QUE SURPRESA ADORÁVEL ENCONTAR ESSA RECEITA, TB MOREI NO INTERIOR (INDAIATUBA) E ESTOU EM UM MOMENTO NOSTAUGICO. AMO COZINHAR E SEMPRE ACOMPANHEI O RAINHAS E AGORA QUE ESTOU FAZENDO UM BLOG DE COMIDAS DA MINHA INFÂNCIA E QUE HJ NÃO VEJO MAIS…, SE VC PUDER DAR UMA OLHADINHA, FICAREI HONRADA COM A VISITA, PARABÉNS !!!!http://cheirodesaboresinesquecveis.blogspot.com/

  • Cláudia Goulart
    julho 4, 2011

    Que dó!!!!!!! Ver e não poder comer agorinha!!!!!!
    Eu faço aqui em casa quando a turma dos filhos aparece. Nem sobra para o dia seguinte. Já fez o falso camarão com pão de forma tambem…
    Nada é brega se a gente não der ouvidos!!!!!!!!!
    beijinhos.

  • Rose
    julho 4, 2011

    Nossa, que chato a Faby ter que ficar se explicando a todo post, ficar dando explicação para os que vão achar isso ou aquilo bláblábláblá….se liberta mulher, suas receitas são maravilhosas, amamos tudo por aqui !!!

    • Faby
      julho 5, 2011

      Rose, só eu que sei, viu gata? Só eu que sei…rs.

      Bjo!

  • Maria Lucia Campos
    julho 5, 2011

    Querida Faby, Tenho lhe visitado sempre na sua nova casa, desde o saudoso Rainhas… mas na pressa nunca comento, hoje, não pude deixar de mandar meu recadinho (recadinho tb é antigo né, rs), não sou do interior, nasci e vivo no Rio Capital, mas essa torta, levando-se em conta que sou um tanto mas pra lá que vc, é da minha infância com certeza, não havia festa que ela não,pintasse, umas mais caprichadas na decoração outras nem tanto, mas o que me remete imediataente quando vejo uma, é o sabor de ameixa bem delicado no recheio, que até hoje é meu preferido em vários tipos de recheios tanto salgados quanto doces. Obrigada por continuar com a gente, muitos beijos.

  • Ilde
    julho 5, 2011

    Faz tempo que não comento as receitas aqui. O que não quer dizer, que deixe de ver todas e experimentar muitas. Fico sempre pensando em algo para preparar pro lance e quando me deparo com uma coisa dessas, uma mistura de saudades com sabores, não posso resisitr. A única coisa que nunca gostei dessa torta, foi cobri-la com maionese (nada contra) mas eu realmente não consigo gostar da bichinha. Mas esse recehieo de frango, palmito e cobri-la com um creminho de ricota, requeijão e creme de leite…hummmmmmmm é pra hoje mesmo. bjkas

    • Faby
      julho 5, 2011

      POis é Ilde, dá pra cobrir com qualquer coisa cremosa na verdade. Eu usei a maionese deleite, que acho mais suave, mas vc pode limá-la tranquilamente da cobertura.

      Bjuca!

  • Mari
    julho 5, 2011

    Faby, lá no ES, de onde vim, essa torta ainda é presença garantida nas festinhas. Só nunca tinha visto esse pão colorido! Fica lindo hein?
    Lá a cobertura é com maionese ou purê de batata (juro!), mas sempre com batata palha nas laterais. E a florzinha de tomate em cima!
    Uma amiga se casou na roça e fez uma torta que ocupava uma mesa de 6 cadeiras inteeeeeeeeeeira! Pensa!
    beijoca

  • chicken recipes
    julho 5, 2011

    nossa que show de cores! Ao ver a foto achei que fosse uma torta doce. Eu nao conhecia este prato. E nao acho que seja brega nao, acho que é um prato que impressionaria em qq lugar.

  • Thássila Vieira
    julho 5, 2011

    Que delicia!
    Apesar de nunca gostar muito dessas tortas, pq sempre vão quilos de maionese, e eu tenho uma certa briga com ela…. rs… fiquei com água na boca para comer essa! toda colorida assim!
    Deixa eu perguntar…aonde que arrumou esse pães coloridos!?!? AMEI eles de PAIXÃO!!! Qual a marca e tals…
    Beijinhos!!!

    • Faby
      julho 5, 2011

      Thassila, eu escrevi aí no post – são da padaria Santa Marcelina, em São PAulo, fabricação própria deles.

      Bjo!

      • Thássila Vieira
        julho 6, 2011

        A ta…. falta de atenção! rs
        Queria encontrar uma dessa aqui(sou de hortolandia, perto de campinas…)…achei tão linda!
        Beijinhos!!

  • Andrea - Recife
    julho 5, 2011

    Puxa, adorei o pão colorido! Conheço a receita e aqui eu chamo de sanduíche gelado! É uma delícia, uso recheios de várias cores, mas agora queria mesmo encontrar esse pão colorido…

  • Kátia Flores
    julho 5, 2011

    Oieeee…acabei de fazer.A minha ficou linda mas acho que fiz algo errado porque ficou um pouco seca :(
    Mas a sua é linda demais !!!! Sua mão deve ser mágica. Parabéns!!!
    Bju

    • Faby
      julho 5, 2011

      Que nada, Kátia! É só pegar o jeito! Vc vai ver :) Da próxima vez, faça os recheios mais cremosinhos, ou use um pã ,ais macio, quem sabe resolve?

      Bjo!

  • Veridiana
    julho 5, 2011

    Que delícia de cores :-)!! Nas festinhas que minhas irmãs fazem para os filhos tem a torta de pão, é tipo obrigatório, hehehe!! A sua ficou linda demais da conta; dá vontade de morder a tela……obrigado pela receitinha!!! bjs**

  • Thais
    julho 6, 2011

    Que linda sua torta Fabi.
    Moro em Porto Alegre e aqui a Torta Fria é ainda bem famosa.
    Com esse paozinho colorido ficou lindo. Queria dizer que gosto de cobrir as tortas que faço com pure de batata e um pouquinho de maionese. Fica uma delícia também.

    Beijos
    Adoro seu blog

  • fernanda iasi
    julho 6, 2011

    Ah Fabi que linda essa torta! Outro dia escrevi sobre meu lado brega que eu respeito e adoro,não sei como não lembrei dessa torta que amooo! Bjo!

  • Vanessa Nascimento
    julho 19, 2011

    Oi! Já faz um bom tempo que não passo por aqui, na verdade é a primeira vez que comento, te visitava desde o tempo do Rainhas, estava vendo agora os posts antigos e não pude deixar de comentar sobre essa torta. Semana passada estava me lembrando dela, estava pensando em me arriscar a fazer, minha mãe sempre fazia e era um sucesso. Nas festinhas da escola era sempre convocada a levar essa torta, minha mãe fazia sempre uma bem grande com o maior prazer. Faz uns dez anos que não como a torta que minha mãe fazia. Ai que saudades, pura sessão nostalgia. Aqui no Rio essa torta também era um sucesso. Bjs!!

    • Faby
      julho 20, 2011

      Oi Vanessa, que bom tê-la por aqui. Espero que vc tenha feito a torta e tido boas recordações com ela tb (eu sempre tenho).

      Bjo!

  • Fatima Prado
    janeiro 23, 2012

    Oi,Faby.
    Descobri esse blog essa semana e estou adorando.
    Já recomendei pra várias amigas.
    Bom achei liiindo essa torta e quero saber como faço pra colorir o pão.
    um abço.

    • Faby
      janeiro 24, 2012

      Fatima, eu comprei o pão já colorido, na padaria Santa Marcelina em São Paulo.

      Bjo!

  • Regina Fernandes
    setembro 1, 2012

    Fabi, tenho seu Blog salvo nos meus favoritos e a cada vez que chego aqui é uma nova e grata surpresa menina!!!!
    Meus DEUS a cada vez que olho pra essa torta me encanta, já procurei por aqui esse pão e não encontro. Qualquer dia desses vou fazer o pão colorido para executar essa maravilha dos anos 70. O conjunto de tudo é que faz a diferença!Rs
    Bju gde.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*