entradas e petiscos pães e biscoitos Receitas

Lavash

lavash

Lavash (já vi grafado como lavosh também, mas optei pela grafia da Wikipédia) é um pão típico da Armênia, bem fininho, feito com farinha de trigo e sem fermento. Pode ficar maleável ou fino e crocante, depende da espessura que você abrir da massa. Não sei muito sobre a sua origem e tampouco sobre a receita tradicional. O que sei é que essa receita saiu da timeline do meu amigo Claudio Rúbio no Facebook (com pequenas alterações minhas) e fez sucesso aqui em casa. E o bom é que não exige sova e é fácil de fazer. O ruim é que não rende muito e esse é o tipo de coisa que você começa a comer e não pára mais, acredite.

Em uma tigela misture 1 xícara (chá) de farinha de trigo, 1/3 xícara (chá) de farinha integral, 4 colheres de gergelim (metade comum e metade preto ou só de um tipo, você decide), 1 colher (chá) de sal (usei o moído na hora) e 1 colher (sopa) de alecrim seco. Em outra tigelinha misture 1/2 xícara (chá) de água, 1/4 xícara de (chá) de azeite (usei o de alecrim) e 1 colher (chá) de óleo de gergelim.

Depois, é só juntar os secos e a mistura líquida e amassar até obter uma mistura homogênea. Eu deixei na geladeira por 30 minutos para que a massa ficasse mais fácil de abrir. Para isso é só usar o rolo de macarrão em uma superfície ligeiramente enfarinhada (a massa não gruda com facilidade não). A dica é abrir fino para obter um pão bem estilo cracker. Eu cortei em retângulos e minha paciência sem limites (#sqn) não permitiu que todos tivessem o mesmo tamanho (shame on you, Fabiana!), mas tá valendo.

Para assar, coloque a massa cortada em uma assadeira com papel manteiga (ou silpat), pincele um pouquinho de azeite, salpique flor de sal (é opcional, tá?) e leve ao forno baixo preaquecido por 15 minutos ou até que estejam levemente dourados. Olho vivo nessa hora porque, quanto mais finos, mais rápido assarão! Para servir, optei por uma pasta de tofu com manjericão porque, bem… porque eu tô nessa de tofu agora, me deixem! :) Mas você pode servir com qualquer pastinha ou puro mesmo, porque ele é gostosinho pra dedéu.

***

O Vitor Hugo do Prato Fundo já fez Lavash também e deu toda a explicação histórica. Vitor arrasa, vai lá!

Você Pode Gostar Também

15 Comentários

  • Reply
    Vitor Hugo
    17 de março de 2014 at 21:31

    Yay! Brigadim pela lembraça, Faby! :D

  • Reply
    Márcia
    18 de março de 2014 at 13:09

    Adorei a receita vou fazer, mas já fiquei de olho na pastinha de Tofu e manjericão!!!!!!!!

    Bjs.

    Márcia

    • Reply
      Faby
      18 de março de 2014 at 14:40

      Nada mais do que tofu e manjericão passados no processador, Márcia. Um pouquinho de sal, uma pimentinha e um fio de azeite. Voilà!

      Bjo!

  • Reply
    Coisinhas e tal blog
    18 de março de 2014 at 23:30

    Adoramos!!!Somos fãs de carteirinha!!!! Te acompanhamos fielmente desde o início de rainhas do lar. vcs que nos inspiraram a criar nosso pequeno blog! Bjs

    • Reply
      Faby
      19 de março de 2014 at 13:10

      Ownnnnn, que coisa boa de ler!

      Vou lá visitar sua cozinha!

      Bjo!

  • Reply
    Tercio
    20 de março de 2014 at 15:51

    Será que vai bem com as pastas Arabes (ommus, babaganush e coalhada) ?

    Baby Back Ribs

    Abs

    • Reply
      Faby
      21 de março de 2014 at 12:20

      Com certeza, Tercio!

      Bjo!

  • Reply
    Vanessa Mariano
    20 de março de 2014 at 22:43

    Oi Faby!!!!

    Que bom que através de um post do Panelaterapia eu reencontrei vc!!

    Estou aqui há hoooooooooras babando em todas as suas receitas e textos deliciosos que eu amo, como vc deve ouvir sempre, desde os tempos do Rainhas.

    Estou feliz como se estivesse reencontrado uma amiga antiga! Muito bom!

    Beijo!!

    Vanessa

    • Reply
      Faby
      21 de março de 2014 at 12:22

      Ownnnn, Vanessa! Que bom que nos reencontramos então!
      Seja bem vinda :)

      Bjo!

      • Reply
        Vanessa Mariano
        22 de março de 2014 at 21:23

        Obrigada!

        Beijo!

  • Reply
    Carolina
    22 de março de 2014 at 1:31

    Bom dia, Faby! Por acaso você sabe o que aconteceu com a Katita, com o blog dela? Muito obrigada. Bjs.

    • Reply
      Faby
      24 de março de 2014 at 15:51

      Oi Carolina!

      Que eu saiba não aconteceu nada. Falei com Katita ainda na semana passada. Será que não é algum problema com o servidor dela? vou perguntar e volto pra te contar.

      Bjo!

      • Reply
        Carolina
        25 de março de 2014 at 12:14

        Valeu, Faby!
        Nossa, a visão desse bolo de limão antes do almoço é de matar!!! Rs

  • Reply
    Marcinha Breda
    23 de março de 2014 at 22:22

    Passei pra deixar um beijo saudoso na dona desta cozinha…
    Longe mais perto viu!!!

    • Reply
      Faby
      24 de março de 2014 at 15:50

      <3, Marcinha!

      Saudades!

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.