entradas e petiscos Receitas vegetarianos

Tartar de abobrinha

tarta de abobrinha

Cansada de refogar ou assar abobrinha? Coma crua!

Existe um padrão na cozinha brasileira que diz que alguns vegetais devem ser refogados ou assados, servidos sempre cozidos – abóbora, escarola, jiló, e por aí vai. Bobagem! Aqui em casa a gente vive quebrando essa “regra” e o resultado sempre surpreende. Abobrinha é um belo exemplo de vegetal que pode ser consumido cru em diversos preparos, e um deles é este tartar glam, que leva manga e coentro e vira receita cheia de bossa para servir em dias quentes.

Aqui eu usei uma abobrinha italiana pequena inteira. Precisa cortar no sentido do comprimento e, com o auxílio do boleador ou de uma colherzinha de café, retirar a parte das sementes. O que restou você vai fazer cubinho pequetitos – se forem mais ou menos do mesmo tamanho você brilha tipo Masterchef ;)

Cortou os cubinhos simétricos (oi, toc!), coloca em uma tigela e reserva. Agora, descasca uma manga firme (se ela estiver muito madura fica difícil fazer os cubinhos) e faz a mesma coisa, cortando cubinhos do mesmo tamanho da abobrinha – não é pra pirar, hein?! Se você não tá nessa vibe de chef francês, corta cubos médios e tudo bem. Coloca a manga na tigela também.

Agora cebola roxa, cubinhos, do tanto que você gostar. Junta na tigela e tempera: suco de limão, sal e pimenta. Acrescenta uma pimenta dedo de moça picadinha, também de acordo com teu paladar e finaliza com coentro. Odeia coentro? Deus ilumine sua alma, companheiro. Brinks. Odeia coentro, pode trocar por salsinha, mas já aviso que ó… tô te julgando (brincadeira, #sqn). E, pra finalizar, amêndoa laminada torrada, pra dar mais aquele croc maneiro.

Eu gosto de temperar e deixar “marinando” por uns 15 minutos antes de servir (antes de colocar o coentro e a amêndoa). A manga solta um caldinho, a abobrinha dá uma amaciada e fica tudo ainda mais gostoso. Pra servir, vale aquele aro para empratar se você estiver em um dia instagramável #goodvibesonly ou mesmo em tacinhas, versão individual se você quiser agradar e fazer mais charminho – nem que seja só pra você, porque não?

tartar de abobrinha

Na foto, a versão em taça ganhou uma renda de parmesão, coisa besta mas que dá aquele toque chef e talecousa. Pra fazer é só espalhar parmesão ralado numa frigideira antiaderente e deixar até endurecer, quando fica douradinho. Deixa esfriar e pica em pedaços. Se você realmente incorporar o chef, faça uma tuille e arrebente na hashtag #ostentação.

E, assim, cheios de glamour, damos início ao mês pandêmico nr.986 – sério, já perdi a conta. Socorro.

Ah! Fez o tartar? Me marca lá no Instagram @faby_zanelati ;)
Cuidem-se!

Amor,
Faby

Você Pode Gostar Também

2 Comentários

  • Reply
    Josilma
    3 de março de 2021 at 22:38

    Eu amo abobrinha, e essa receita tão linda…… dá vontade de ficar olhando e babando! Vou fazer assim que comprar abobrinha italiana (essa semana só tenho da brasileira e acho que não vai ficar tão boa por causa da textura)

  • Reply
    Jucilene
    20 de junho de 2021 at 16:14

    Amei

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.