Browsing Tag

bolo

bolos e tortas doces Receitas

Bolo de banana


A leitora Marília me escreveu ainda agorinha perguntando se eu não sabia uma receita de bolo de banana sequinho, daqueles pra tomar com café. Vim aqui buscar o link pra mandar pra ela e descobri que não tinha postado esse bolo delícia ainda (chicotinho!). Postei a foto lá no Face do blog mas não coloquei aqui o post da receita, que é da minha mãe e danada de boa. Mea culpa :(

Vá lá, vou me redimir agouuura!!! Anotem essa receita e façam mesmo porque ó… o bolo é babado.

Uma dica bacana é usar bananas BEM madurinhas, aquelas que já estão pintadinhas, sabe? Então, se tiver umas bananas aí quase passando dessa pra pior, bolo nelas!

Misture os secos numa tigela grande:
2 xícaras de farinha de trigo, 2 xícaras de açucar, 1 colher sopa de bicarbonato e 1 colher sobremesa de canela em pó.

Misture os líquidos:
3 ovos batidos, 1/2 xícara de leite frio, 1/2 copo de óleo de girassol e 1 colher sopa de essência de baunilha.

Amasse com um garfo 5 bananas nanicas bem madurinhas.

Junte a banana amassada aos secos e aos poucos vá incorporando os líquidos.  Sem batedeira nem nada, na mão mesmo, só misturando bem.

Coloque em uma fôrma de buraco untada e enfarinhada e leve ao forno médio por uns 40 minutos ou até passar pelo teste do palito.

Easy, baby :)

bolos e tortas doces Receitas

Bolo invertido de banana

Eu não sou uma pessoa de banana, sabe? Pra falar a verdade, não tenho recordação de já ter descascado uma pra comer assim, pura e displicentemente. Banana pra mim vai bem em doces daqueles tipo compota (o da minha tia Heloisa é fenomenal), no banana split (dã), na farofa, empanadinha no virado à paulista e assim, em bolo… mas a fruta sozinha, nhé :P

Essa receita eu encontrei numa folha solta no meio dos meus livros, sem referência alguma de onde ela saiu, daquelas que a gente anota em algum momento e depois já nem sabe mais de onde veio. Esse na verdade é um bolo simples, daqueles que nem são muito fofos e rápidos de fazer. A banana aqui entra forrando a assadeira, no que depois de desenformado virá a ser a cobertura – daí o invertido, pegou? ;)

Pra começar fiz uma calda caramelada (aqui tem uma receita infalível), direto na assadeira. Depois, por cima da calda (passada também nas laterais da assadeira) fui colocando a banana (tem que estar bem madura) já cortada em fatias no sentido do comprimento. A quantidade de bananas depende do tamanho da fôrma e da espessura que você as cortar, ok? Eu fiz fatias médias e usei 3 bananas nanicas (acho, porque na real eu não saco nada de banana, como já deu pra entender né? rs).

Na batedeira foram 3 ovos inteiros batidos com 2 xícaras (chá) de açucar por uns 5 minutos (ou mais, se a paciência permitir). Depois junta-se 1 xícara (chá) de leite quente, 2 xícaras (chá) de farinha de trigo e 1 colher (sopa) de fermento em pó, misturando tudo direitinho. Eu dei um toque na massa com fava de baunilha (que eu vou mostrar lá embaixo), que deu um aroma i.n.c.r.í.v.e.l ao bolo (eu sou louca por cheiro de baunilha), mas a comadre fica à vontade para usá-la ou não, ok?

Massa pronta, é só colocar lá na assadeira já forrada com as bananas e levar para assar em forno médio até dourar e passar no teste do palito.

Aí vem o grande lance, que é desenformar o bolo (meio que morninho ainda) e dar de cara com aquelas bananas lindas e douradas. Eu gosto de comer morninho, mas isso porque eu tenho uma queda meio que irresistível por bolo quente, vai entender. Mas ó, ele fica bom até de um dia para o outro, viu?

Ah! Pra ficar tudo ainda mais perfeito, nem preciso dizer que a pedida é servir com um café fresquinho, preciso? ;)

* post orginalmente publicado no Rainhas do Lar

bolos e tortas doces Receitas

Bolo de especiarias

Esse eu fiz para aplacar a “vontade de comer bolo” da minha mãe. A receita veio direto do caderno da vó Odete mas, como eu realmente não presto, modifiquei algumas coisas. Fala, pessoa que muda receita de vó é muito atrevida, não é não? Hohoho.

A receita da vó Odete segue abaixo na íntegra, como no caderno, e depois os meus comentários e alterações.

Você vai precisar de: 125grs de manteiga em temperatura ambiente, 350g de farinha de trigo, 320gr de açúcar, 80gr chocolate em pó, 4 ovos, 5 colheres (rasas) de chá de fermento em pó, 2 xícaras mal cheias de leite, 1/2 colher chá de cravos socados; 1 colher de chá rasa de canela, um pouco de noz moscada ralada.

Bater bem a manteiga e açúcar. Peneira-se a farinha com o chocolate e junta-se ao açucar alternando com o leite. Adiciona-se as gemas e as especiarias e bate-se muito bem. Junta-se o fermento e por último as claras batidas em neve, misturando levemente. Leva-se ao forno em tabuleiro forrado com papel manteiga (apenas o fundo) pois nas bordas passa-se a faca o desenformar. Em se desejando, cobre-se com calda de limão e açúcar.


O que a atrevidinha aqui fez de diferente:

:: Coloquei 220gr de açúcar comum e complementei até 320gr com açúcar mascavo. O resultado é que o bolo não fica tão doce.
:: Tinha aqui mais ou menos 100gr de nozes picadas que sobraram dos biscoitinhos e resolvi colocá-las na receita. Acrescentei-as um pouco antes das claras em neve.
:: Soquei os cravos em pilão e antes de acrescentá-los à massa, peneirei para que não ficassem pedacinhos duros.
:: Meu fermento estava vencido, usei bicarbonato e funcionou bem.
:: Não forrei a forma com papel manteiga porque fiquei com preguiça. Untei normalmente com manteiga e farinha e não tive maiores dificuldades para desenformar, embora o fundo tenha sido mais chatinho pra sair.
:: Fiz uma calda bem ralinha de açúcar de confeiteiro, suco de limão e cardamomo para jogar por cima – pouca coisa mesmo, porque eu não queria um bolo muito doce.
:: Por fim, salpiquei sementes de papoula só para dar uma graça :)

Pra quem não gosta de bolo muito doce, daqueles que acompanham bem um café fresco ou um chá, a receita é perfeita. E o cheiro que sai do forno….yummy!

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

Mistura caseira para capuccino Como preparar Gim Tônica Receita de Charuto de Folha de Uva 5 dicas para o bife perfeito Receita de Tartar de Salmão