aves dieta dunkan Receitas

Frango com tofu ao molho de mostarda e iogurte

Falei no outro post sobre o lance da dieta e talecousa, né? Pois então, a coisa tá rolando com disciplina aqui em casa e isso tem me feito pensar em várias coisas, inclusive em mudar o foco do blog.

Meu marido tem sofrido há algum tempo com o efeito sanfona – engorda, emagrece, engorda de novo e por aí vai. É difícil para ele manter uma dieta e o próprio metabolismo não é exatamente um aliado em sua luta, daí a necessidade de vigilância constante e, consequentemente, de um rumo cada dia mais leve para as refeições na minha casa.

É certo que nunca fui de comidas muito gordas, com exceção é claro dos momentos de esbórnia (e continuo achando-os essenciais), mas ultimamente meu foco tem sido mesmo uma alimentação sem muitos excessos e uma tentativa (ainda sofrida, é verdade) de diminuir os carboidratos e alguns vícios da vida toda, como o refrigerante por exemplo.

Então, por conta de tudo isso e mais um monte de outras coisinhas que são da vida da gente mesmo, tem rolado uma série de questionamentos, principalmente na questão mais primordial de todas: a dificuldade de criar receitas atraentes quando se tem muitas restrições na dieta. Foi daí, e de um texto que escrevi hoej no Facebook que me veio esse lance de mudar o foco do blog – coisa que eu ainda não fechei direito na cabeça, mas juro que tô quase.

Ok… muita lenga lenga e a receita que é bom, nada até agora né? Então, vem comigo e dá uma olhada como foi simples simples preparar esse prato delícia, com proteínas e muito leve.

O primeiro passo foi temperar o filé de frango com uma misturinha que garante sabor: coentro em grãos, cúrcuma e semente de mostarda, tudo passado pelo pilão. Junta essa mistura ao frango, acrescenta um pouco de sal e pimenta calabresa e leva para a panela com um fiozinho de azeite até dourar bem. Depois, é só juntar alho picadinho e cebola (eu uso muito, mas você usa o quanto gosta) e deixar dourar também. Nessa etapa, pode ser necessário acrescentar um pouquinho de água (use a fervente) para deixar que o frango absorva bem os temperos utilizados e que ficaram “pregados” no fundinho da panela. O segredo é deixar o frango dourado, lindo de viver.

O próximo passo é muito simples – em uma tigelinha é só misturar o iogurte desnatado com a mostarda (usei uma ancienne com ervas de provence) e reservar.

Agora que seu frango já dourou, é só desligar o fogo e juntar o tofu em cubos, a mistura de iogurte e mostarda, mexer bem e servir.

Para dar um glam, finalizei com sal negro e uma folhinhas de manjericão, porque um verdinho é sempre importante. Você pode se jogar no cheiro verde picadinho, no coentro, só na salsinha ou na erva de sua preferência para essa finalização e vai ficar lindo e saboroso também.

Pronto! Prato  rápido, prático e saboroso – e nem parece de dieta!


(desapegue do creme de leite, comadre!!! mostarda + iogurte = uma dupla que vai super bem em qualquer prato: na salada, com aves, carne e até peixe, e é muito mais leve).

Você Pode Gostar Também

24 Comentários

  • Reply
    Roberta
    7 de agosto de 2012 at 22:51

    Adoro o blog e ia amar se você passasse a postar receitas saudáveis. Tb estou tentando uma reeducação (nao gosto da palavra! Kkkkk) e é bem difícil achar coisinhas criativas we permitam variar e nao enjoar da dieta. Super apoio! ;)

    • Reply
      Faby
      8 de agosto de 2012 at 9:20

      Obrigada, Roberta! Eu estou na mesma tentativa. SImbora, né?

      Bjo!

  • Reply
    mirelle
    8 de agosto de 2012 at 17:50

    Eu também estou nessa! Uma das questões é o acompanhamento… O que você fez para comer junto com esse franguinho??
    bjo

    • Reply
      Faby
      8 de agosto de 2012 at 21:23

      Só saladinha Mirelle.

      Bjo!

  • Reply
    Angela
    8 de agosto de 2012 at 21:42

    Faby,
    te acompanho há um tempão, e amei a ideia de “reduzir calorias” …assim podemos saborear o vinho sem “muita culpa”…..
    bjs

  • Reply
    Luciana
    8 de agosto de 2012 at 22:46

    Oi Faby, me identifico com o efeito sanfona do seu marido kkk. Sempre engordava e emagrecia, só consegui estabilizar meu peso há 6 meses com nutricionista e personal trainer. Beijos

  • Reply
    Carla M. da Conceição
    9 de agosto de 2012 at 13:11

    Oi, Faby. Achei a receita ótima, e quero prepará-la aqui em casa também. Se me permite uma dica light, lá vai: para substituir o creme de leite, tenho usado aquele creme de ricota da Tirolez. Ele é ótimo para dar aquela engrossadinha esperta na sopa de abóbora e no purê de legumes, e não tem o risco de talhar do iogurte. Tenho certeza de que ficaria bom tb na receita do frango com tofu. Bjs e boa sorte na dieta!

    • Reply
      Faby
      10 de agosto de 2012 at 8:53

      Oi Carla,

      Eu tb uso o creme de ricota, mas em termos de sabor, prefiro o iogurte. Mas vc está certíssima – ele é ótimo para receitas que precisam de fervura.

      Meninas, olha a dica da Carla aqui!

      Bjinho!

  • Reply
    Paula
    9 de agosto de 2012 at 18:20

    Esse “desapegue do creme de leite, comadre!!” foi uma direta e reta pra mim!!! Tô em momento dieta aqui em casa e sofrendo litros por não poder usar creme de leite todo dia!!! Oh vida, oh céus!!!

    • Reply
      Faby
      10 de agosto de 2012 at 8:52

      Paula, mas pode acreditar em mim – o iogurte vai te ajudar MUITO. A textura dele ajuda muito também. Ele rende bons molhos, vai por mim. O único truque é não levá-lo pra ferver, ok?

      Bjo e boa sorte! Larga o creme de leite!!!! kkkkk

  • Reply
    Samis
    9 de agosto de 2012 at 21:04

    Fabi, vou fazer ..mas sem o Tofu.senão perco o marido..hehe
    Aqui em casa estamos na mesma fase..comidas leves pelo menos no jantar, já que almocamos fora e fica muito dificil controlar
    Bjs

    • Reply
      Faby
      10 de agosto de 2012 at 8:51

      Samis, nada de perder o marido, pelamorrrrrrrrrrrrrrrrrrrr! kakakakakakakakaka

      Bjo!

  • Reply
    Amanda Wanderley
    9 de agosto de 2012 at 22:54

    Faby!!! Adorei! É um desafio enorme fazer substituições inteligentes dos ingredientes nas receitas tradicionais por opções bem mais benéficas. Dou aula de culinária saudável para turmas de chef executivo e muitos torcem o nariz quando ouvem falar de feijoada vegetariana ou panqueca de quinoa, mas no final todos se surpreendem. Saudades! Beijos

    • Reply
      Faby
      10 de agosto de 2012 at 8:50

      Ah Amandinha, vc sabe que eu curto né? Minha vida corrida é que não me ajuda muito, mas eu tô na tentativa. Saudades das suas receitinhas batutas… vc bem que podia mandar umas pro pessoal do Pimenta, néammmmm???? (cara de pidona)

      Bjinho!

      • Reply
        Amanda Wanderley
        12 de agosto de 2012 at 16:37

        hahahaha também sinto saudades! ;) Vou mandar uma sim!
        Beijos!

  • Reply
    Fê Moraes
    10 de agosto de 2012 at 14:35

    Oi gente,
    Dicas lights são sempre bem vindas né?! Saúde em primeiro lugar, mas se perder o prazer de comer bem!
    Outro dia vi uma dica na Ana Maria Braga (Brega rsrs) para misturar 1 gema peneirada ao iogurte para fazer estes molhos que precisam de fervura, como estrogonofe. Ainda não testei, mas ela garantiu que não talha e que as colorias caem pela metade em relação ao creme de leite.
    Beijo

    • Reply
      Faby
      10 de agosto de 2012 at 16:36

      Ótima dica, Fê!

      Beijo!

  • Reply
    Daniela PW
    21 de agosto de 2012 at 15:16

    Oii Faby … olha, eu tô sempre procurando opções saudáveis para incorporar ao cardápio lá de casa. Minha filha adolescente do coração (enteada que veio morar conosco tem 3 anos) tem tendência a ser “gordinha” e por isso mesmo, tem ENORME, dificuldade em comer coisas como, legumes, verduras, queijo branco, iogurte, etc. Corto o maior dobrado p/ poder fazer algo digamos assim … menos calórico e saboroso ao mesmo tempo – não posso obrigar que alguém que se criou à base ligüiça frita, pastel e macarrão passe a amar arroz integral, salada e peito de frango assim, do dia p/ noite. Tenho feito todas as substituições possíveis lá na minha cozinha – troquei tudo o que era normal pela versão light do supermercado (maionese, requeijão, margarina, geléia, creme de leite, etc) .. macarrão é só uma vez por semana e sempre numa versão mais magrinha, temos investido no sushi … enfim … é uma luta diária e constante. Dou todo o meu apoio p/ que o blog traga versões saborosas de comidas saudáveis – vou testar todas (aliás aquele tartar de salmão que vc tem aqui nas receitas é dos Deuses – lá em casa tem sempre) :-) … Beijoss

    • Reply
      Faby
      23 de agosto de 2012 at 14:35

      Força aí Daniela! A gente tem que persistir mesmo. É difícil mudar hábitos da vida toda, então tem que ser aos poucos mesmo. Vou publicar um risoto integral bem bacana djá!

      Bjim!

  • Reply
    Daniela PW
    29 de agosto de 2012 at 10:15

    Oii Faby, Voltei aqui só p/ dizer … olha, esse molhinho de iogurte tá fazendo o maior sucesso lá em casa. Testei outro dia com um rolê de frango (que tem aqui no seu portfólio de receitas – olha que chique :-)) e super rolou. Minha filha do coração AMOU, ontem a gente repetiu o molhinho na versão alho e majericão pilado em cima de um hambúrguer (grelhado, é claro) e ficou DIVINO. Muitíssimo obrigada viu, suas dicas são valiosíssimas !! Logo, logo eu testo o risoto integral. Beijos

    • Reply
      Faby
      29 de agosto de 2012 at 16:17

      Eba Daniela!!!!
      Depois me conta do risoto integral tá?

      Bjo!

  • Reply
    Anamaria
    5 de janeiro de 2013 at 20:20

    Faby, qual mostarda é essa que aparece na foto?
    Beijinho e saudades!

    • Reply
      Faby
      22 de janeiro de 2013 at 9:28

      Anamaria, essa mostarda eu trouxe de Paris. Acho que não vende aqui não.

      Bjim!

  • Reply
    41 receitas com peito de frango irresistíveis para inovar o cardápio | Receitas Poderosas
    9 de maio de 2016 at 10:48

    […] Peito de frango com tofu ao molho de mostarda e iogurte: para quem gosta de um prato agridoce, essa é uma boa opção. A mostarda e o iogurte são usados […]

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.