Penne mediterrâneo à minha moda

Desde o ano passado eu estava devendo a receita do penne que preparei quando da visita da Márcia à minha casa mas, desde então, apesar de já ter feito a receita várias vezes, eu sempre me passei e esqueci de fotografar – mea culpa.

Pra começar, é bom deixar claro que o nome da receita é uma invenção da minha cachola e, por isso, não precisa fazer muito sentido não, ok? Em segundo lugar é bom também frisar que não existe uma receita definitiva para esse prato – cada vez que o faço, invento um jeito novo.

Basicamente trata-se de uma massa (uso sempre o penne mas fique à vontade) sem molho, feita com tomates marinados, pimentão, azeitonas pretas, manjericão e mussarela de búfala… mas, entre isso e o que realmente aparece na minha panela, tem muuuuuito chão. Hohoho. Ontem por exemplo eu preparei a massa para um final de noite aqui em casa com alguns amigos, mas desta vez acrescentei tomate seco, bacon, uvas passas e ervilhas (porque havia um restinho de uma lata delas e eu tinha que dar um fim naquilo). E o resultado foi espetacular – uma massa que agrada em cheio e é garantia de sucesso em qualquer ocasião.

Em uma panela, dourei os cubinhos de bacon e acrescentei duas cebolas picadas e uns 4 dentes de alho também picados. Esperei dourar tudo, juntei tomate seco (já hidratado e temperado) picadinho e metade de um pimentão vermelho picados e deixei que eles amaciassem um pouco na panela. Depois disso, acrescentei dois pacotinhos de tomate sweet orgânico cortados ao meio e imediatamente desliguei o fogo – a partir disso o restante é todo sem fogo, pois a intenção é que os tomates marinem mas não que cozinhem e sumam completamente.

Bom, depois dos tomatinhos, juntei as passas, as azeitonas pretas picadas, um bom punhado de manjericão fresco rasgado, pimenta biquinho picada, a ervilha, acertei o sal e a pimenta e juntei bastante azeite extra virgem. Essa marinada foi preparada a tarde e ficou lá descansando até a hora de finalizar a massa.

A finalização é aquele esquemão ninja – cozinha a massa de grano duro, separa 1/2 xícara da água do cozimento. Junta massa com a marinada preparada com antecedência, mais a água do cozimento, mistura tudo muito bem, finaliza com as mussarelinhas de búfala picadas, manjericão fresco muito e mais azeite extra virgem, se for necessário.

Para dar um clima bem informal, nada de pratos para servir – bowls, ramequins, panelinhas e tigelinhas para saladas são ideais para essa massinha “descontraente” (rá!).

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

No Comments Yet.

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*