Chutney de abacaxi

Como se não bastasse a minha escancarada queda pela mistura doce + salgado nos pratos comuns, a época do Natal favorece ainda mais esse meu “lado agridoce”, já que é muito comum (pelo menos na minha família) acompanhar os assados das Festas com frutas e molhos adocicados.

Essa receita veio da Rosa do Tessituras no ano passado, logo na inauguração dessa cozinha e desde então eu caí de amores. Apesar de já conhecer o chutney de manga e o de abacaxi de outros carnavais, todos que eu havia provado até então tinham cara e, sobretudo, gosto de geléia, o que não é o caso da receita da Rosa.
Para destoar ainda mais do aspecto de geléia, que eu não curto muito quando o assunto é prato quente, eu costumo cortar os pedaços de abacaxi em tamanhos maiores pois gosto que ao final do cozimento eles ainda apareçam, mesmo que sutilmente.

Para fazer uma porção pequena (um vidrinho de uns 350 gramas mais ou menos) você vai precisar de:

. 1 1/2 xícara de vinagre de maçã
. 1 xícara de açucar
. 6 cravos
. 1 pau de canela
. 3 xícaras de abacaxi picado
. 1 colher de sopa de gengibre ralado
. 1 colher café de pimenta do reino branca

Numa panela anti aderente você coloca o vinagre e o açucar e mexe até que ele (o açucar) se dilua, sem deixar que a mistura ferva. Então, coloque o restante dos ingredientes e ao estarem todos incorporados é hora de abaixar o fogo e deixar cozinhar (dá uma média de 45 minutos), mexendo de vez em quando.
O ponto é o de geléia, quando o fundo da panela fica aparecendo e a cor do abacaxi passa a ser um dourado lindo, que inclusive tem tudo a ver com o Natal, né messs? Se começar a queimar no fundo e ainda não estiver no ponto certo, pode acrescentar um pouquinho de água ou, se ao contrário, já estiver cozido e ainda estiver um pouco líquido é só aumentar o fogo até chegar no ponto.

Não se preocupe muito com essa coisa do ponto comadre. De qualquer jeito vai ficar bom, believe me. E não é o treino que leva à perfeição, han? O que quer dizer que quanto mais vezes você fizer, mais chances terá de acertar ;) Hohoho.

Para as Festas a dica é a servir acompanhando o tender ou o lombo. Aqui em casa vai ter :)

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

0 Comments

Escreva um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*