Browsing Tag

light

Receitas saladas vegetarianos

Salada de abacaxi, aspargos e berinjela

Olá, Faby!

Outro dia eu li que você está num momento light à mesa. Como também estou passando de Nigella à Gillian Mckeith resolvi enviar uma receita de uma salada que é uma refeição que inventei. Ela é nutritiva, saudável e muito gostosa. Espero que goste.

Salada de abacaxi,aspargos e beringela (receita para 1 pessoa)

Ingredientes

Folhas de alface roxa
1 fatia de abacaxi cortado em cubos
1 fatia de pão de centeio cortada em cubos
3 talos de aspargos em conserva cortados em fatias médias
1 colher de sopa iogurte natural
1 colher de chá de castanha de caju moída
6 fatias finas de beringela

Modo de preparo

Grelhe levemente, até que amoleçam, as fatias de berinjela em uma grelha de fogão ou frigideira com gotas de azeite de oliva e reserve.

Pegue os cubos de pão de centeio e asse levemente no forno com orégano e um pouco de azeite de oliva. Misture com a mão mesmo para espalhar bem o azeite e o orégano e para não usar azeite em excesso. Eu uso o grill do fogão à gás, se tiver forno elétrico serve também.  Deixe assar até que o pão fique dourado e crocante. Reserve.

Agora é só montar a salada.

Corte em fatias horizontais a alface roxa, acrescente os cubos de abacaxi, os aspargos cortados, o pão de centeio assado e a beringela grelhada. Acrescente uma colher de sopa de iogurte natural e uma colher de chá cheia de castanhas de caju picadas.

Então, misture tudo muito bem e sirva imediatamente para que o pão não perca a crocância

Voilà!

Fica muito saboroso e não uso sal, pois os sabores são bastante ricos.

Bom apetite!

Um abraços à todas mulheres que como eu querem manter a forma de uma maneira prazerosa.

Sâmua Elisa Georg
Caxias do Sul-RS

Sâmua, como não gostar de uma receita tão glam e delícia? Ainda mais eu, que sou uma berinjela lover compulsiva?
Adorei! Obrigada por compartilhá-la conosco, viu? Vai pra minha To Do List agouuura :)

Receitas

Barrinhas

Eu não sou uma pessoa light e isso todo mundo que frequenta esse blog já deve ter percebido, mas… eu também sou uma pessoa que ama. Muito. E foi também por isso que eu topei o desafio de ajudar meu marido na árdua tarefa de perder alguns quilinhos.
Sendo assim fui à luta, à caça de receitas que me enchessem os olhinhos, apesar de “leves”. Por conta dessa nova empreitada em meu lar, a partir de agora da minha cozinha sairão (i hope) pratos mais leves – ao menos por enquanto.

E daí que eu achei a receita dessas barrinhas light aí ó. Na hora que bater aquela vontadinha de roer alguma coisa doce, mas que passe longe da esfera mega-ultra-calórica, essas barrinhas devem atender bem a necessidade. O gosto eu provei e gostei – e isso apesar de toda minha relutância em provar essas barrinhas que se vendem nos caixas da padaria.

Mudei a receita original e passo abaixo as medidas e os ingredientes que eu usei para fazer 12 barrinhas pequenas.

Numa panela anti-aderente foram 4 colheres de açucar mascavo, 1/2 xícara de mel, 1 xícara de granola light sem açucar, 1/2 xícara de flocos de arroz integral e 1/2 xícara de uvas passas, ameixas e damascos picados. Cozinha por uns 10 minutos mais ou menos sem parar de mexer até virar uma massa meio homogênea.
Saindo do fogo vai para uma superfície lisa e untada com 1/2 colher sopa de margarina light e vai formando um retângulo de mais ou menos 1 cm de espessura. Ainda quente é só cortar as barras e depois de frias guardá-las em recipiente seco e fechado.

Ó mundo light! :)

***

Update – considerações:
. no dia seguinte ela endurece demais se não ficar num recepiente beeeem vedado (o meu ficou meio aberto);
. a consistência dessa barrinha é completamente diferente daquelas prontas – essa fica bem mais dura (a minha ficou) – haja dente! hohoho
. eu achei que ficaria muito doce mas não ficou não…está na medida certa;
. apesar de ser mais dura, ela é muito mais saborosa do que todas as barras que eu já comi que, perdoem-me mas me lembram alguma coisa entre comida de bicho e de astronauta…hohoho. O damasco e as ameixas dão um plus;
. da próxima vez vou tentar diminuir o tempo no fogo mas não estou certa de que isso vai mudar muito a consistência, que eu acredito que fique meio dura por conta do açucar que fica caramelizado.

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

Como preparar Gim Tônica Receita de Charuto de Folha de Uva 5 dicas para o bife perfeito Receita de Tartar de Salmão Rondelli de Abrobrinha