delírios e outros bichos

La Grande Epicerie Paris

Você percebe que é MESMO uma pessoa das panelas quando vai para a França e, ao invés de querer se jogar nas (maravilhosas) lojas de cosméticos e perfumes, só quer saber de feira e supermercado. Rá!

Aqui a espetacular La Grande Epicerie de Paris, onde tive um dos maiores surtos da minha vida e comprei o mundo E o fundo. E né… deixa eu ser feliz enquanto não chega a fatura do cartão de crédito, néam? (mas ela vai chegar e aí, pffff… posso cair dura)

Na foto: parte da bancada de peixes e frutos do mar (francês adora frutos do mar); queijos, queijos, queijos e queijos (francês adora queijo, sabia? dã!); a geladeira das aves (fiquei tensa com essa ave com penas aí); o açougue (detalhe para os medalhões que pareciam florzinhas… okey, viajei, mas é que eu  já tinha tomado vinho a beça, então tenho uma certa desculpa vai); a banca dos feijões (nem sabia que francês curtia tanto assim um feijão, viu?) e as sopas prontas em garrafinhas – coisa que, óbvio, eu invejei horrores (sim, meu bem, eu compro sopa pronta porque sou sopólatra, esqueceu?).

Ai ai… curti a beça vasculhar essas prateleiras, viu? E ainda tem mil fotos (todas de qualidade duvidosa, é verdade) de comida, de feira, de bancas…

É, a pessoa realmente É da cozinha =)

Você Pode Gostar Também

12 Comentários

  • Reply
    Livia Baum
    18 de março de 2011 at 12:27

    Oi Fá! Eu dou graças a Deus q qdo fui viajar ainda não ligava mto pra cozinha… então conheci a Europa como uma turista comum -atrás sim dos cosméticos, maquiagens e mtos mas mtoooos souvenirs – e não vejo a hora de ir de novo pra passear do ponto de vista de quem se apaixonou pela cozinha! Com certeza vai ser inesquecível!
    Um beijo!

    • Reply
      Faby
      18 de março de 2011 at 12:57

      Ah Livia, descobrir um país pelo ponto de vista da comida (incluindo aí o mercados, feiras, comida de rua, etc) é muuuuuuuito bacana, viu? Eu pelo menos, adoro :)

      Bjim!

  • Reply
    Ana Luiza
    18 de março de 2011 at 12:27

    Oi Faby, te entendo perfeitamente, adoro visitar mercados por onde passo!
    Que coisa mais linda esse aí!

    Quero perguntar uma coisa: Toda vez que viajo (hahahaha, até parece que sao tantas vezes assim…) fico louca pra comprar tudo que der pra trazer, ou seja: secos, enlatados, desidratados, conserva, etc. Mas sempre acabo minimizando pois acho que vou ter problemas na alfandega. Voce sabe ao certo de fato o que podemos trazer??? Nao dizem que nao podemos trazer alimentos???? Como você fez??? Eu coloco na mala despachada mesmo e venho rezando… aí quando vem os Labradores penso: Tomara que eles so procurem drogas mesmo… Hahaha!

    Beijos, quanto eu for a Paris, já anotei esta dica de visita aí!

    • Reply
      Faby
      18 de março de 2011 at 12:56

      Huahuahuahua Ana Luiza, a lei ao certo eu não sei não, mas fiz exatamente o mesmo que você: despachei na mala e rezei! Na chegada na alfândega me perguntaram apenas se eu estava trazendo vinho, sobre alimentos não perguntaram e eu tb não falei :)
      Dei sorte mas acredito mesmo que não é possível trazer alimentos perecíveis (de toda forma eu só trouxe temperos e enlatados).

      Bjo!

  • Reply
    Cinthya Rachel
    18 de março de 2011 at 15:55

    Ah, tb surtei no mercado lá. Tudo tão lindo, tanta opção e vinhos tão baratos. Vontade de trazer tudo! E AMEI o pão, em qq boteco era uma delícia!

    • Reply
      Faby
      18 de março de 2011 at 15:58

      SIm Cinthya, o pão de lá é um caso a parte né? Afffff, baguetes deliciosas, briches, pain et chocolat e croissants fantásticos. Eu amei tb.

      Bjo!

  • Reply
    Rapha Aretakis
    18 de março de 2011 at 16:41

    Dios! eu me jogo em TUDO: comida, cosmético, roupa. não sei quando vou voltar lá, né? melhor garantir! paris é coisa linda de deus <3

    bom fim de semana pra tu, faby :*

  • Reply
    raquel
    20 de março de 2011 at 19:55

    Sei o que é isso…….numa viagem de férias, eu tive a manha de entrar no Bom Marché, pegar um carrinho de compras, passar no caixa, e sair feliz com minhas comprinhas , como tivesse indo prá casa! Quando cheguei no hotel com aquelas sacolas, me dei conta ……do tipo de “viajem” que eu estava fazendo!

  • Reply
    Nando Reis (Nanã)
    22 de março de 2011 at 11:12

    Ah! Que legal, vc deve ter se refestelado com tantas opções de coisas incríveis; principalmente pra vc que deve ter adorado caminhar por horas no frio que tava fazendo em Paris. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk . (desculpa gata, não me contive, tinha que tirar essa lasquinha, te amo viu?)

    • Reply
      Faby
      22 de março de 2011 at 11:18

      HAUHAUHAUHAUHAUAUUHA Nanã, Nanã… eu VIVO para caminhar em lugares gélidos, VIVO! :)
      KKKKKKKKKKKKKKKKKKK

      Bjo, meu amor! Saudades já :)

  • Reply
    Tathiana
    22 de março de 2011 at 16:56

    Ah, Faby, mas a grande epicerie é um lugar maravilhoso, acho que qualquer um que goste pelo menos de comer bem se diverte lá!
    Eu fui no dia do Reveilon, estava uma loucura: pareceia que toda Paris tinha ido lá fazer as compras para ceia. Mas no meio da loucura trouxe mostardas maravilhosas (uma com toques de limão e a outra com toques de parmesão) e lentilhas de Puy deliciosas. E confesso que não viajo para lugar nenhum sem conhecer uma feira de rua, um bom mercado…

  • Reply
    Lívia Frossard
    1 de abril de 2011 at 17:31

    Amore,
    Eu sabia q vc iria nesse templo do consumo saboroso.
    Por isso, nem te dei a dica…
    Vendo suas fotos, me deu uma água na boca… e uma gigantesca saudade.
    beijos,
    Lívia

Deixe uma Resposta

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.