Browsing Tag

mignon

carnes molhos Receitas

Filé mignon com molho de manga

Mostrando a sintonia que existe entre a minha cozinha aqui em Sampa e a da minha irmã em Salvador, eu também tinha engatilhado o preparo desse escalopinho de filé mignon mas estava à procura de um molho diferente para acompanhá-lo. Foi daí que apareceu esse molho de manga que agradou em cheio por aqui.
A receita era para acompanhar frango (o que também deve ficar muito bom) mas, eu caprichei no “azedinho” e acho que fiz uma boa escolha – com a carne também ficou muito saboroso.

Vejamos… o escalope foi temperado do meu jeitão clássico – sal moído na hora, pimenta idem e molho inglês. O processo no fogo também é o mesmo – um fio de azeite (ou óleo) na frigodeira de ferro bem quente, uma selada de cada lado e pronto.

Já o molho eu fiz assim…
Na panela coloquei uma xícara de suco de manga Maguary (mas se você quiser usar manga mesmo eu dou a maior força… só bater no liquidificador e fazer um suco)com uma colherzinha de maizena diluída. Levei ao fogo e acrescentei (agora é tudo mais ou menos hein…quantidade exata eu não faço idéia) 1 colher (sopa) açucar mascavo, um pouco de vinagre branco, molho inglês, 1 colher de mostarda, pitadas de canela e noz moscada, uma colherzinha de molho de pimenta Tabasco e, por fim, um pouquinho de shoyu. Depois é só cozinhar até reduzir bem, acertar o sal e servir por cima dos escalopes.

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

carnes reaproveitamento Receitas

Mignon ao curry com arroz de salsinha

Foi, digamos, um jantar assim meio…verde, mas foi por uma boa causa :)
Eu precisava aproveitar uns talinhos de salsinha que andavam perambulando na minha geladeira e além deles, um restinho de vagem. Foi então que surgiu esse verdão todo na minha cozinha.

O mignon eu dourei em azeite, com cebola, alho e sementes de mostarda. Depois, acrescentei curry e as vagens cortadas e deixei cozinhar. No final, botei ervilha fresca e salpiquei pimenta dedo-de-moça picadinha sem as sementes.

Para o arroz de salsinha o truque é usar os talos (vai me dizer que você joga os talos de salsinha fora?). Primeiro é bom lembrar que o finalzinho do talo você dispensa, pois é uma parte que fica fibrosa (mas só o finalzinho mesmo). O restante você leva ao processador com um pouquinho de azeite honesto.
Processou? Leva para a panela junto com seu arroz que já estava dourando lá com o alho (eu não uso cebola no arroz). O resto é tudo exatamente igual e o resultado é um arroz verdinho e saboroso.

Ah! E você ainda ganha a medalha da Rainha Reaproveitadora.
Não é lindo isso? ;)

* post originalmente publicado no blog Rainhas do Lar

Como fazer Tomate Confit